Treze fazendeiros de MT são citados pela União por trabalho escravo

Fonte: Folha Max

A nova Lista Suja do Trabalho Escravo conta com 204 empregadores flagrados submetendo trabalhadores a condições análogas à escravidão em todo país. Entre estes, 13 são de fazendeiros de Mato Grosso.

As propriedades rurais estão localizadas nas cidades de Chapada dos Guimarães (60 km de distância de Cuiabá), Itanhangá (495 km), Itiquira (347 km), Matupá (682 km), Nova Santa Helena (600 km), Paranaíta (840 km), Paranatinga (387 km), Poxoréo (270 km), Santo Antônio do Leverger (40 km), São Félix do Araguaia (1.159 km) e Sorriso (397 km).

Quem divulga e atualiza a lista é o Ministério Público do Trabalho (MPT) sob o nome oficial de Cadastro de Empregadores do trabalho escravo e é formulada pela Secretaria de Inspeção do Trabalho (SIT), do Ministério da Economia.

A publicação dessa lista é prevista e corroborada pela Portaria Interministerial número quatro, de 11 de maio de 2016, distribuída pelo governo federal. O Ministério Público do Trabalho (MPT) disponibiliza periodicamente a publicação atualizada da lista suja no portal da instituição com o objetivo declarado de dar maior visibilidade ao documento, que também pode ser acessado na página inicial do site do MPT.

 

VEJA A LISTA DE MATO GROSSO

Fazendas Flexas e Piuva, localizada na  BR 163, km 70, Santo Antônio do Laverger/MT, de propriedade de Antônio Carlos Zanin.

Obra na propriedade de Carlos Alberto Lopes, próximo à rodovia MT 251, estrada para Chapada dos Guimarães, margens do Córrego Mutuca.

Fazenda Nossa Senhora Aparecida, rodovia BR-080, km 131, zona rural, São Félix do Araguaia, de propriedade Elimar Barros Ribeiro.

Fazenda cachoeira, rodovia BR 299, km 66, zona rural, de propriedade da empresa Itiquira Frares Comércio de Madeiras Ltda.

Fazenda Rio Dourado – Rod. MT 383, Paraíso do Leste sentido Jarudore, 6 km, Poxoréo, de propriedade de Hélio Cavalcanti Garcia.

Fazenda Colorado – Rod. MT 404, km 80, Sorriso, de propriedade de JM Armazéns Gerais Ltda.

Fazenda Boa Esperança – Linha da Pedreira, Flor da Serra, zona rural de Matupá, de propriedade de João Fidelis Neto.

Fazenda Cachoeira – Rod. BR 299, km 66, direita, 6 km, Itiquira, de propriedade de Lucas Willian Frares.

Fazenda Bragatti III – Gleba Mandacaru, zona rural, Paranaíta, de propriedade de Natal Bragatti.

Fazenda União III – Rod. MT 130, sentido Santiago do Norte, 50 km, à esquerda 20 km, à direita 80 km, Paranatinga, de propriedade de Pedro Gomes Filho.

Fazenda Ariranha e Fazenda Flor da Mata, zona rural, Nova Santa Helena, de propriedade de Rio Pocinho Mineradora EIRELI – ME.

Fazenda Eucaflora – Rod. MT 130, km 45, Estrada de Santarém, 45 km, Paranatinga, de propriedade Tauá Biodiesel Ltda.

Fazenda Alan – Rod. MT 338, km 182, Vila Simioni, Itanhangá, de propriedade da Terra Viva Carvão e Reflorestamento Ltda.

Fonte: FolhaMax