Mundo já tem mais idosos do que crianças

Foto: Google Imagens

Pela primeira vez, a quantidade de idosos no mundo está maior que a de crianças.

Dados da ONU apontam que existem hoje 705 milhões de pessoas com mais de 65 anos.

Já o número de crianças, com idades entre zero e quatro anos, está em 680 milhões.

E essa diferença deve aumentar. A ONU estima que 2050 o mundo terá dois idosos para cada criança com até quatro anos de idade.

A razão disso é que, em muitos países, há décadas as pessoas tem tido menos filhos.

Dados do Banco Mundial mostram que em 1960 a taxa de fecundidade era de quase cinco filhos por mulher.

Hoje, quase 60 anos depois, ela caiu para apenas dois vírgula quatro.

As informações são da BBC Brasil.

Fonte: Radio2

Empiricus é multada pelo Procon por “caso Bettina” e pode ter que pagar quase R$ 10 milhões

Foto: Google Imagens

Empiricus é multada pelo Procon de SP por propaganda enganosa.

O valor ainda não foi definido, mas pode chegar a quase 10 milhões de reais.

A empresa ganhou destaque nos últimos dias graças a um vídeo da Bettina. Mulher de 22 anos que diz ter transformado um investimento de pouco mais de mil e 500 em um milhão de reais.

O caso viralizou na internet e Bettina foi transformada em uma série de memes.

Em nota oficial, o Procon diz:

“As garantias de resultados de investimentos sob sua orientação, via movimentações financeiras no mercado variável de ações, demonstra-se enganosa e capaz de induzir o consumidor a erro, infringindo o artigo 37, §1º do Código de Defesa do Consumidor”.

Em caso de reincidência, a empresa pode ter o funcionamento suspenso.

Fonte: Radio2

Bancos podem ser proibidos de emitir comprovantes em papel que apaga com o tempo

Fonte: Google ImagensO uso de papel termossensível em caixas eletrônicos, máquinas de cartão de crédito, aparelhos de fax e caixas registradoras poderá ser proibido no Brasil.

Utilizado em impressoras térmicas, esse tipo de papel permite uma impressão mais rápida e barata, pois as letras são marcadas pelo calor, sem o uso de tinta.

O problema é que as informações impressas desaparecem em pouco tempo e o cliente fica sem o comprovante do pagamento ou serviço bancário realizado.

Um projeto de lei apresentado na Câmara Federal pretende proibir o uso do papel termossensível nessas operações.

O autor da proposta, deputado Mauro Nazif, do PSB de Rondônia, alega que o baixo custo não pode justificar a limitada durabilidade.

Além disso, o consumidor tem o direito de receber um comprovante adequado à finalidade a que se destina.

De acordo com o texto, o Conselho Monetário Nacional e o Banco Central deverão definir qual tipo de papel deverá ser utilizado, para garantir que as informações continuem impressas.

O projeto será analisado em caráter conclusivo pelas comissões de Defesa do Consumidor; Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Fonte: Radio2

Postos de combustíveis podem ser obrigados a usar mangueiras transparentes nas bombas

Fonte: Google ImagensConsumidores podem ganhar uma nova ferramenta para coibir a adulteração de combustíveis.

Um projeto de lei que tramita na Câmara Federal obriga os postos a colocarem mangueiras transparentes nas bombas.

O autor da proposta, deputado Boca Aberta, do PROS do Paraná, diz que o objetivo é permitir que o cliente fiscalize o processo de transferência do combustível para o tanque do veículo.

O texto prevê punição para o posto que não substituir as mangueiras.

O estabelecimento poderá receber advertência, multa de cinco mil reais por infração ou até suspensão das atividades por até 15 dias.

O valor da multa será dobrado em caso de reincidência da infração.

Se o projeto entrar em vigor, a fiscalização será feita pelos Procons locais.

A proposta será analisada em caráter conclusivo pelas comissões de Minas e Energia; Defesa do Consumidor; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Fonte: Rádio2

Bandeira da conta de luz será amarela, em outubro

Fonte: Google ImagensConta de luz ficará mais barata, em outubro.

A Agência Nacional de Energia Elétrica, a Aneel, informa que a bandeira tarifária cairá de vermelha, no nível 1, para amarela.

Ou seja, ainda haverá cobrança de taxa extra, mas ela passará de quatro reais pra um e 50 a cada 100 quilowatts-hora.

A explicação é que em outubro as chuvas começam a voltar.

Com isso, o nível dos reservatórios das hidrelétricas sobe e o uso das usinas térmicas, que produzem uma energia mais cara e mais poluente, diminui.

Neste ano, foram cinco meses de bandeira verde, sem a cobrança de taxa extra, três de bandeira amarela e dois de bandeira vermelha nível 1.

Em 2018, com a situação mais grave, o consumidor brasileiro encarou cinco meses com a bandeira vermelha no nível 2, o mais alto.

O que representou a cobrança extra de cinco reais pra cada 100 quilowatts-hora.

Fonte: Radio2

Caixa anuncia redução de juros e aumento do valor financiado para a casa própria

Foto: Site RepórterMT)

Caixa Econômica Federal anunciou nesta segunda-feira (16) a redução dos juros para financiamento da casa própria e o aumento do percentual do valor a ser financiado para compra de imóvel usado. As mudanças, que começam a valer hoje, são para linhas de financiamento que utilizam recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo.

Para compra de imóveis pelo Sistema Financeiro Habitacional (SFH), onde estão enquadrados os imóveis residenciais de até R$ 800 mil para todo o país, exceto para Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Distrito Federal, cujo limite é de R$ 950 mil, a taxa mínima de juros caiu de 10,25% para 9% ao ano.

Para imóveis enquadrados no Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI), cujos valores dos imóveis são acima dos limites do SFH, a taxa mínima caiu de 11,25% para 10% ao ano.

O percentual do valor a ser financiado dos imóveis usados subiu de 50 para 70%. Para unidades novas, foi mantido o percentual de 80% no teto do financiamento.

.

Taxa de juros da casa própria anunciadas pela Caixa (Foto: Juliane Monteiro/G1)Taxa de juros da casa própria anunciadas pela Caixa (Foto: Juliane Monteiro/G1)

Taxa de juros da casa própria anunciadas pela Caixa (Foto: Juliane Monteiro/G1)

Fonte: G1

Trabalhador deve ficar atento para prazo de saque do abono-salarial 2016

Foto: Google Imagens

Trabalhadores com direito ao abono salarial ano-base 2016 têm até o dia 29 de junho deste ano para sacar o beneficio.

De acordo com o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), mais de 21,7 milhões de trabalhadores já realizaram os saques, que totalizaram R$ 16,1 bilhões.

Ainda há mais de R$ 2 bilhões disponíveis para serem pagos a 2,7 milhões de pessoas.

O Abono Salarial ano-base PIS/Pasep exercício 2017/2018 começou a ser pago em 27 de julho de 2017 e já foi acessado por 88,9% do total de trabalhadores com direito ao saque.

O valor do beneficio é proporcional à quantidade de meses trabalhados em 2016 e varia de R$ 80 a R$ 954.

Os recursos que não forem retirados até o prazo final vão voltar para Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) e serão usados para o pagamento do Seguro-Desemprego e do Abono Salarial do próximo ano.

Para ter direito ao abono salarial ano-base 2016, é preciso ter trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias naquele ano, ter remuneração média de até dois salários mínimos no período, estar inscrito no Programa de Integração Social (PIS) ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) há pelo menos cinco anos e ter os dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Fonte: OBC

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.002 para 2019

Foto: Google Imagens

Governo propôs um salário mínimo de R$ 1.002 para 2019. O valor consta do projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) do ano que vem, anunciado nesta quinta-feira (12). Atualmente, o mínimo é de R$ 954.

Será a primeira vez que o salário mínimo, que serve de referência para cerca de 45 milhões de pessoas, ficará acima da marca de R$ 1 mil. A proposta será encaminhada agora ao Congresso. Entretanto, o governo ainda pode mudar o valor caso haja alteração na previsão para a inflação deste ano, que compõe a fórmula para o cálculo do reajuste do mínimo do ano que vem.

O reajuste começa a valer em janeiro de 2019, com pagamento a partir de fevereiro.

O reajuste do salário mínimo obedece a uma fórmula que leva em consideração o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes e a variação do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) do ano anterior.

Para o mínimo de 2019, portanto, a fórmula determina a soma doresultado do PIB de 2017 (alta de 1%) e o INPC de 2018. Como só será possível saber no início do ano que vem a variação do INPC de 2018, o governo usa uma previsão para propor o aumento.

Fonte: G1

Beneficiário do INSS tem até sexta-feira para agendar perícia médica; ainda faltam 94 mil convocados

Foto: Google Imagens

Os beneficiários do INSS que não se apresentaram para o pente-fino nos últimos dois anos têm até esta sexta-feira para agendar a perícia médica com o instituto. Dos mais de 500 mil convocados, 94 mil ainda não fizeram o agendamento.

São pessoas que recebem auxílio-doença ou que se aposentaram por invalidez, com menos de 60 anos, e que devem passar pela equipe médica para confirmar a necessidade dos benefícios. A medida é uma forma de evitar fraudes e o recebimento do auxílio de pessoas que já morreram.

Segundo o INSS, todos os convocados receberam carta e a expectativa é que, somente este ano, mais de um milhão de benefícios sejam revisados. Esta é a segunda etapa do Programa de Revisão de Benefícios por Incapacidade, realizado pelo INSS desde 2016. O governo espera a realização média de 230 mil perícias por mês.

Em todo o país, até o fim de janeiro deste ano, mais de 200 mil  benefícios foram cancelados pelo INSS, devido à ausência dos beneficiários, o que gera uma economia superior a  R$ 5 bilhões  aos cofres públicos. Agora, com a nova etapa, a expectativa é que quase R$ 10 bilhões sejam poupados até o fim do ano.

Os agendamentos para a perícia devem ser feitos por telefone, no número 135. Quem não fizer vai ter o benefício suspenso. Depois disso, o beneficiário vai ter de esperar 60 dias  para agendar a perícia que não foi realizada. E se não comparecer nesta segunda tentativa, o benefício será cancelado.

Fonte:EBC

Ponte do Piraputanga será interditada para reparos

( Foto: Assessoria de Imprensa )

A ponte sobre o rio Piraputanga, no Assentamento 14 de Agosto, será fechada hoje (3) para que a Secretaria de Obras e Viação de Campo Verde possa realizar reparos no aterro, danificado pelas fortes chuvas dos últimos dias.

De acordo com o secretário Fabiano Teruel, os trabalhos devem durar dois dias. “Vamos ter que trocar algumas tábuas que sustentam o aterro de uma das cabeceiras da ponte”, informou ele.

Teruel classificou as obras de reparos como simples e de rápida execução. “Hoje vamos sinalizar o local e iniciar os trabalhos, que deverão ser concluídos o mais rápido possível para evitar transtornos aos moradores”, disse.

Fonte: Assessoria de Imprensa